Polícia prende grupo suspeitos de participação em onda de ataques em Manaus

Com os homens foram encontrados recipientes com gasolina.

Seis homens já foram presos neste domingo (6) suspeitos de participação nos ataques e incêndios ocorridos em Manaus após a morte do traficante Erick Batista Costa, conhecido como “Dadinho”, 30 anos, apontado líder da facção criminosa Comando Vermelho.

Quatro deles foram presos no bairro Novo Aleixo, com baldes de gasolina e foram encaminhados para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Outros dois foram presos na Compensa, e com eles duas garrafas de gasolina foram apreendidas.

Continua depois da Publicidade

De acordo com o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, o policiamento foi reforçado para que o direito de ir e vir da população não seja prejudicado.

Um comitê de crise foi criado pela SSP-AM para apurar as denúncias de ônibus incendiados e depredação de prédios em Manaus e nos municípios de Parintins e Careiro Castanho.

Ao todo, 14 ônibus e duas viaturas foram incendiadas. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi interceptada por criminosos.

Continua depois da Publicidade