Polícia

Polícia prende homem apontado como um dos maiores consumidores de pornografia infantil no Rio

O indivíduo tinha cenas de pornografia envolvendo crianças armazenadas em seu celular e computador.

Policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav) prenderam, na manhã desta terça-feira, um técnico em química apontado como um dos maiores consumidores de pornografia infantil no Rio. Segundo a polícia, o homem de 41 anos tinha cenas de pornografia envolvendo crianças armazenadas em seu celular e computador. Ele foi capturado em flagrante em sua residência em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, uma perícia técnica vai examinar o conteúdo do celular e computador do preso. Os investigadores classificam as imagens armazenadas nos dispositivos eletrônicos como repugnantes, inclusive com cenas de crianças drogadas sendo estupradas por adultos.

Continua depois da Publicidade

A investigação da Dcav durou cerca de dois meses. O técnico em química já vinha sendo monitorado pelo setor especializado no combate a abusos sexuais contra crianças e adolescentes criado pelo Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE) com o aumento desse tipo de delito, constatado desde o início da pandemia.

Os investigadores estiveram na casa do técnico em química para cumprir mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara Criminal de Belford Roxo.

A princípio, o homem será autuado em flagrante por armazenar “fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”, crime previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). No entanto, ele também poderá ser acusado de outros crimes, a depender do resultado da perícia que será realizada em seu computador e celular.

Continua depois da Publicidade

Fonte: Extra