Polícia

Polícia prende mais um suspeito de participação no desaparecimento de jornalista e indigenista no Amazonas

Oseney da Costa é irmão de Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como ‘Pelado’, o primeiro preso pela PF na investigação.


Redação AM POST

Oseney da Costa de Oliveira, de 41 anos, conhecido como ‘Dos Santos’, irmão de Amarildo da Costa dos Santos, 41, vulgo ‘Pelado’, foi preso pela Polícia Federal nesta terça-feira (14), suspeito de ter participação no desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips.

Continua depois da Publicidade

Durante as buscas nesta terça, a PF também apreendeu cartuchos de arma de fogo e um remo, que ainda serão analisados.

Uma das principais pistas até o momento foram os vestígios de sangue encontrados no barco de Pelado. O material coletado foi enviado para perícia em Manaus, mas uma análise preliminar feita por técnicos do Instituto de Criminalística da Polícia Federal confirmou que o material é compatível com um estômago humano.

Os policiais também encontraram uma mochila e outros objetos pessoais que, segundo a PF, pertencem ao indigenista e ao jornalista. Os materiais foram localizados com a ajuda de mergulhadores do Corpo de Bombeiros em uma área alagada, de difícil acesso, no rio Itaquaí.

Continua depois da Publicidade

A PF informou ainda, que as investigações continuam sendo realizadas de forma técnica, sem que esforços materiais e humanos sejam poupados para a completa elucidação dos fatos.