Polícia

Polícia prende mulher que chefiava tráfico de drogas e mandou danificar iluminação de LED em Rio Preto da Eva

Durante os meses de investigação, os policiais constataram que a infratora fazia parte de uma organização criminosa ligada a um grupo de âmbito nacional.


Redação AM POST

Policiais civis da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus), cumpriram, na quarta-feira (27/07), por volta das 11h, mandado de prisão preventiva em nome de Karen Alves Pinheiro, 30, que chefiava o tráfico de drogas no município.

Continua depois da Publicidade

De acordo com o delegado Henrique Brasil, titular da unidade policial, nas últimas semanas, a cidade estava recebendo uma modernização na iluminação com instalações de luminárias de LED, e Karen foi responsável por mandar danificar os equipamentos.

“No decorrer das investigações constatamos que a infratora estava mandando algumas pessoas destruírem as iluminações, tendo em vista que ela era chefe do tráfico de drogas naquela localidade”, explicou o delegado.

Ainda conforme o titular, Karen era foragida da Operação Acéfalo, deflagrada no dia 18 de outubro de 2021, onde foi desarticulado um grupo criminoso que atuava no tráfico no município.

Continua depois da Publicidade

Durante os meses de investigação, os policiais constataram que a infratora fazia parte de uma organização criminosa ligada a um grupo de âmbito nacional, com sede no estado do Rio de Janeiro, e seus principais fornecedores de entorpecentes eram provenientes daquele estado.

Karen responderá por tráfico de drogas e ficará custodiada na carceragem da unidade policial, à disposição do Poder Judiciário. Ela também responderá a um Inquérito Policial (IP) por danificar as luminárias da cidade.

Continua depois da Publicidade