Polícia

Policial é presa por extorquir R$ 17 mil de casal em Manaus

As investigações seguem para capturar os demais criminosos envolvidos no esquema.

Redação AM POST

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriu um mandado de prisão preventiva, na manhã desta quarta-feira (22/12), em desfavor de uma cabo da Polícia Militar, de 32 anos, pela prática do crime de extorsão. A prisão ocorreu na rua Monsueto de Queiroz, bairro Cidade Nova, zona norte da capital, e contou com o apoio da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop).

Continua depois da Publicidade

De acordo com o delegado Marcos Arruda, titular do 1º DIP, no dia 30 de outubro deste ano, um casal, de identidade não revelada, foi abordado em seu carro por três pessoas que se passavam por policiais civis, sendo dois homens e uma mulher, que exigiam a quantia de R$ 20 mil para que liberassem o veículo e não os levassem à delegacia.

“Os infratores detiveram a esposa da vítima em um veículo, e temendo por sua família, o homem entrou em contato com uma filha, que realizou duas transferências no valor de R$ 17 mil para que seus pais fossem liberados. Hoje, nós logramos êxito em prender uma das envolvidas. Agora, as investigações seguem para capturar os demais criminosos”, detalhou Arruda.

O pedido de prisão preventiva foi expedido no dia 16 de dezembro deste ano, pela juíza Eline Paixão e Silva Gurgel do Amaral Pinto, da Central de Inquéritos da Comarca de Manaus.

Continua depois da Publicidade

Em nota, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) informa que a policial envolvida está presa de forma preventiva, e que a Diretoria e Justiça e Disciplina (DJD) já instaurou procedimento para apurar sua conduta.

Procedimentos – A mulher será encaminhada para um batalhão da PMAM, onde aguardará a audiência de custódia.

Continua depois da Publicidade