Pesquisar por em AM POST

Polícia

Prefeito de Jutaí é afastado do cargo suspeito de receber propina de garimpeiros

Conforme a PF, ele supostamente recebia a propina em ouro para manter o garimpo ilegal na região do Alto Solimões.

  • Por AM POST

  • 21/07/2022 às 07:48

  • Leitura em 1 minuto

Redação AM POST

Alvo de uma operação da Polícia Federal do Amazonas nesta quarta-feira (20), o prefeito de Jutaí, Pedro Macário Barbosa (PDT), foi afastado do cargo suspeitobde participar de organização criminosa de garimpo ilegal no Alto Solimões, no Amazonas.

PUBLICIDADE

De acordo com a polícia, Pedro é suspeito de comandar o esquema e cobrar propina para permitir informalmente que os garimpeiros explorarem a área na ilegalidade.

A irmã do prefeito, cujo nome não foi informado, também é alvo da PF e foi presa com ouro e R$ 40 mil em espécie.

Pedro já foi preso em novembro de 2021, ao ser flagrado com outro ilegal também. Na época, ele tentava embarcar de Tefé para Manaus. A assessoria de Pedro Macário confirmou o afastamento e adiantou que o prefeito deve recorrer da decisão.

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank