Pesquisar por em AM POST

Polícia

Religioso é preso acusado de abusar sexualmente de crianças e adolescentes ao longo de 20 anos

Segundo investigação, o homem se utilizava da função que exercia para cometer os abusos.

  • Estadão Conteúdo

  • 20/06/2024 às 06:00

  • Atualizado em 19/06/2024 às 20:23

  • Leitura em 1 minuto

Um religioso de 68 anos foi preso na zona leste de São Paulo acusado de diversos crimes sexuais, praticados contra crianças e adolescentes ao longo de quase duas décadas na cidade de São José da Barra, no sul de Minas Gerais.

Ele era investigado pela Polícia Civil mineira desde 2021, quando três vítimas denunciaram os abusos. Durante o trabalho de apuração, outras duas vítimas foram descobertas.

PUBLICIDADE

O homem acabou indiciado por estupro de vulnerável contra as cinco vítimas, e fugiu para a capital paulista assim que tomou conhecimento das denúncias. Ele foi preso na manhã desta quarta-feira, 19, com apoio da Polícia Civil paulista.

De acordo com a investigação, o religioso se utilizava da função que exercia em uma igreja da cidade e da vulnerabilidade das vítimas para cometer os abusos, que teriam começado em 2003.

“Em alguns casos, o suspeito atraía as vítimas, amigas de suas netas, para sua residência. Em outras situações, ele utilizava de eventos da igreja para abusar sexualmente das crianças e adolescentes”, diz nota da Polícia Civil mineira, que alerta para a possibilidade de o suspeito ter feito outras vítimas além das já identificadas.

PUBLICIDADE

O AM Post apoia a causa autista
blank

O Autismo traz limitações mas, isto não significa incapacidade. Todos temos alguma habilidade.

- Nay Potarcio

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank