Polícia

Sete pessoas são procuradas pela polícia por envolvimento na morte de venezuelanos no Amazonas

Um veículo da marca Chevrolet, modelo Ônix, de cor branca, utilizado no crime foi apreendido.


Redação AM POST

A equipe da 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus), divulgou a imagem de sete pessoas envolvidas no duplo homicídio qualificado dos venezuelanos Abraham Manuel Hernandez Armas, 25; e Isaac Davi Hernandes Armas, 23; ocorrido na terça-feira (26/07), no ponto turístico Gruta do Raio, no bairro Aida Mendonça, zona urbana daquele município.

Continua depois da Publicidade

Eles foram identificados como Emerson Mota Duarte, 20; Felipe Jardim Silva, 26; Frank Medeiros da Cruz, 18; Joelma Barbosa Estevão, 48; Mateus Barbosa da Mota, 20; Sebastião Cordeiro Lopes Júnior, 22; e um indivíduo conhecido apenas como “Daniel”.

Quem tiver informações acerca da localização dos envolvidos deve entrar em contato pelo número 181, disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Dois presos
A dupla Yago Reis Coelho, 30, e Murilo Rômulo Melo Martins, 22, já foi presa por envolvimento no crime.

Continua depois da Publicidade

“Já efetuamos as prisões em flagrante de Yago Reis Coelho, 30, e Murilo Rômulo Melo Martins, 22, na quarta-feira (27/07). Agora, solicitamos a colaboração da população para localizar os demais”, relatou o delegado.

De acordo com o delegado Valdinei Silva, titular da 37ª DIP, as equipes tomaram conhecimento do crime após informações repassadas por uma guarnição da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), relatando sobre o crime ocorrido naquele ponto turístico.

Continua depois da Publicidade

“Constatamos o fato criminoso e imediatamente realizamos uma varredura em torno daquela localidade. Com a ajuda de testemunhas, conseguimos identificar as pessoas envolvidas na prática criminosa. No decorrer das diligências efetuamos as prisões de Yago Reis Coelho e Murilo Rômulo, também apreendemos um veículo da marca Chevrolet, modelo Ônix, de cor branca, utilizado no crime”, detalhou o delegado.

Yago e Murilo irão responder por homicídio qualificado e associação criminosa. Eles permanecerão custodiados na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça.

Continua depois da Publicidade

Veja fotos dos procurados: