Polícia

Sete presídios do Amazonas passam por treinamento para combate a rebeliões

A ação contou com cerca de 70 policiais do Comando de Policiamento Especializado.

Redação AM POST

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) realizaram, na manhã desta quinta-feira (23/12), uma simulação da operação Armagedom, que tem o objetivo de aprimorar os procedimentos operacionais de combate a alterações no sistema penitenciário.

Continua depois da Publicidade

A cronometragem do tempo-resposta e o tempo de chegada do reforço policial nas unidades prisionais foram avaliados durante o treinamento, que foi realizado no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

“Essa operação é para combater motim e rebelião. Nós fizemos o treinamento e a simulação deu certo. Empregamos a Polícia Militar com o Choque, Marte, Cavalaria, CIPCães e COE, ou seja, foi um treinamento exitoso. Acompanhamos as câmeras, a chegada das viaturas, o movimento de pessoal, o controle do sistema prisional está sendo muito bem feito”, disse o secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur.

De acordo com o secretário de Administração Penitenciária, coronel Paulo César, a simulação ocorreu conforme o planejado. “A atividade que foi desenvolvida no treinamento atendeu todas as expectativas que tínhamos. Tudo ocorreu conforme o tempo esperado, o acionamento das unidades, o emprego de forças”, explicou o coronel.

Continua depois da Publicidade

Efetivo – Cerca de 70 policiais do Comando de Policiamento Especializado (CPE), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), participaram da ação, que integrou o trabalho de agentes das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), 1º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte), Regimento de Policiamento Montado Coronel Bentes (RPMon), Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) e a Companhia de Operações Especiais (COE), além de agentes do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e do Grupo de Intervenção Penitenciária (GIP), da Seap.

Operação Cérberus – Com revistas nos presídios e ronda no entorno das unidades prisionais, a Operação Cérberus iniciou na manhã desta quinta-feira (23/12), e finaliza no próximo dia 2 de janeiro.

Continua depois da Publicidade

“Aproveitamos hoje para lançar a Operação Cérberus, que é uma operação preventiva, onde vamos estar com viaturas 24 horas por dia, fazendo rondas nas muralhas de todos os setes complexos penitenciários”, afirmou o general Mansur.