Suspeito de matar a própria companheira é preso em Manacapuru

A vítima foi encontrada jogada em uma calçada com hematomas no pescoço, o que indiciou morte por asfixia.

Redação AM POST

Um homem de 34 anos, foi preso tarde da última terça-feira (03/11) investigado pelo feminicídio da própria companheira, que tinha 25 anos, ocorrido no dia 24 de maio do ano passado em Manacapuru (distante 68 quilômetros em linha reta da capital). A ação policial ocorreu no bairro Correnteza, na sede do município.

De acordo com a delegada Roberta Merly, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) daquele município, no dia do crime, o corpo da vítima foi encontrado na calçada da rua Marcílio Dias, bairro Biribiri. Naquela ocasião, a mulher apresentava hematomas no pescoço, o que indiciou morte por asfixia, e o seu companheiro foi apontado como o principal suspeito. Entretanto, como não foi identificado nenhum elemento que comprovasse a sua autoria, o homem acabou sendo liberado.

Continua depois da Publicidade

“Mesmo que, em primeiro momento, não houvesse provas para prendê-lo, as diligências em torno do caso prosseguiram e, após um intenso trabalho investigativo, conseguimos encontrar fortes indícios apontando que ele é o responsável pelo crime. Diante dos fatos, decidimos ingressar com um pedido de prisão em nome do mesmo”, explicou Merly.

A titular da Delegacia Especializada informou que a ordem judicial foi expedida no dia 13 de julho deste ano, pela juíza Scarlet Braga, da 2ª Vara Criminal de Manacapuru.