Polícia

Suspeito de matar presidente da Associação de Transparência no Amazonas é preso em Rondônia

A vítima era conhecida pelas denúncias feitas contra políticos de Humaitá.

Redação AM POST

Um homem de 38 anos, foi preso no município de Cacoal, em Rondônia, pelo homicídio de Emerson Jorge Auler, que tinha 42 anos, ocorrido no dia 8 de dezembro de 2021, em Humaitá (a 590 quilômetros a sudoeste de Manaus)

Continua depois da Publicidade

Emerson Jorge Auler, é irmão de um ex-vereador de Humaitá e era conhecido na pelo trabalho na Associação Transparência Humaitá e pelas denúncias feitas contra políticos locais.

De acordo com o delegado Mário Melo, titular da DIP, na ocasião do crime, o infrator, juntamente com um outro indivíduo, até o momento não identificado, aproximou-se de Emerson em uma motocicleta, e efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local.

“Após o crime eles fugiram na motocicleta e estavam em local incerto. Nesta segunda, com o apoio da PC-RO conseguimos efetuar a prisão do responsável pelos disparos, que estava no município de Cacoal (RO). Agora, as diligências irão continuar para localizar e prender o segundo envolvido no crime”, relatou Melo.

Continua depois da Publicidade

O mandado de prisão temporária em nome dele foi expedido no dia 15 de dezembro de 2021, pelo juiz Charles José Fernandes da Cruz, da 2ª Vara da Comarca de Humaitá.

O infrator está custodiado na delegacia de Cacoal, porém, será solicitada à Justiça a transferência dele para a delegacia de Humaitá.

Continua depois da Publicidade