Polícia

Veja vídeo: Major da PM dá tapa na cara de doméstica que se atrasou no trabalho

Imagens da câmera de segurança do elevador do prédio do militar gravaram o momento da agressão.


Redação AM POST*

O major da Polícia Militar Bruno Chagas está sendo investigado pela Polícia Civil por agredir a empregada doméstica, Patrícia Peixoto, dentro do elevador do prédio em que mora, no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro. O caso aconteceu no dia 18 de julho.

Continua depois da Publicidade

A vítima disse que foi agredida depois de chegar atrasada no trabalho. Imagens da câmera de segurança do elevador do prédio do major Bruno Chagas gravaram o momento em que ele dá um tapa na cara da mulher.

O oficial está com o dedo em riste a poucos centímetros do rosto da mulher. Enquanto eles discutem ela fica encurralada no canto do elevador, e quando tenta afastar o major, é agredida no rosto. A doméstica reage.

“Deixei minha filha que eu tenho, de 1 ano, com pneumonia em casa. Tinha sido uma noite horrível. E deixei ela em casa pra ir trabalhar e levar um tapa no rosto de uma pessoa”, desabafou Patrícia ao G1.

Continua depois da Publicidade

Em nota, a Polícia Militar informou que a Corregedoria da corporação já está com as imagens que mostram a agressão e que abriu uma investigação sobre o caso.

Continua depois da Publicidade

*Com informações do G1