Veterinário acusado de tentar estuprar estudante é preso escondido em igreja de Manaus

Ele foi acompanhado por seus advogados até a delegacia.

Redação AM POST

O médico veterinário, Pedro Monteiro da Silva Junior, acusado de tentar estuprar a estudante de veterinária, Bianca Alves, de 21 anos, no dia 9 deste mês, foi preso na manhã desta quinta-feira (17), escondido dentro de uma igreja em Manaus.

De acordo com a polícia, a tentativa de estupro ocorreu dentro da clínica veterinária situada no bairro Manoa, na Cidade Nova, zona Norte da cidade, na qual ele é o dono.

Continua depois da Publicidade

Logo que Pedro foi encontrado, ele foi acompanhado de seus advogados para a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) para prestar esclarecimentos sobre o crime.

Relembre o caso:

A estudante de veterinária, Bianca Lima Alves, ela estagiou no estabelecimento e foi levar uma lembrança pelo ‘Dia do Veterinário’ ao homem. Na ocasião, ela acabou sendo convidada pelo acusado para voltar no horário da noite como forma de agradecimento.

Continua depois da Publicidade

Chegando ao local e horário marcados, a jovem diz que foi surpreendida pelo médico com assédios e perguntas indiscretas. Bianca afirma ainda que o veterinário perguntou se ela tirava fotos nua e ofereceu R$1 mil para que ela mantivesse relações sexuais com ele.

A vítima afirma que negou a proposta e registrou a denúncia. Após a repercussão, outras quatro mulheres também registraram Boletim de Ocorrência contra Pedro.