Polícia

Vídeo mostra Amarildo sendo abordado por equipe do indigenista Bruno no Vale do Javari; assista

As imagens foram divulgadas pela TV AL Jazeera.


Redação AM POST

Um vídeo mostra o momento em que o indigenista Bruno Pereira, servidor da Fundação Nacional do Índio (Funai), aborda a embarcação de Amarildo da Costa Oliveira, vulgo “Pelado”, principal suspeito da morte do trabalhador e do jornalista Dom Philips, no Amazonas.

Continua depois da Publicidade

As imagens foram divulgadas pela TV AL Jazeera. Na ocasião, a equipe composta por Bruno, o integrante da patrulha Joel Rodrigues, a repórter Mônica Yanakiew e o cinegrafista francês Jules Guepratte, aparecem em uma lancha de vigilância indígena no rio Itaquaí, onde abordam o barco de Amarildo no Vale do Javari. 

O pescador foi alertado por estar próximo de terras indígenas do Vale do Javari e Pelado logo afirma que a área não é indígena.

“Essa área aqui toda é zona de pesca. Tu sabes disso né. Essa área aqui é da comunidade. Não tem nada a ver com indígena não. Vai tomar teu rumo aí”, disse Amarildo. 

Continua depois da Publicidade

Bruno Pereira e Dom Phillips, estavam desaparecidos desde o dia 5 de junho deste ano, e Amarildo confessou ter esquartejado e enterrado os corpos.

O irmão de Amarildo, Oseney da Costa de Oliveira, 41, também teve a prisão decretada pela Justiça do Amazonas por suspeita de ter envolvimento no crime.

Continua depois da Publicidade

Outro suspeito de efetuar disparos contra as vítimas, está sendo investigado.