Polícia

Vídeo: Suspeitos de assaltar e esfaquear advogado, não falam sobre espancamento que sofreram em Manaus

O casal não deu detalhes sobre as agressões por medo de morrer.

Redação AM POST

O casal João Lucas Pimenta de Jesus, de 20 anos e Naira Pinto da Silva, de 21, acusados de tentar assassinar o advogado Geraldo Marques, não se pronunciaram sobre as sessão de espancamento que sofreram após o crime em Manaus.

Continua depois da Publicidade

De acordo com o delegado Leonardo Marinho, os agressores seriam de uma facção criminosa.

“Na delegacia eles preferiram ficar em silêncio em relação a esse fato. Eles assumiram o crime, planejaram esse assalto, agora em relação ao vídeo eles permanecem em silêncio porque temem pela vida deles. Só que a nossa polícia especializada está investigando todas essas organizações criminosas”, disse Leonardo.

As imagens circularam nas redes sociais onde o casal confessa todo o crime e em seguida é amordaçado e espancado dentro de uma residência.

Continua depois da Publicidade