Política

Apoiador de Lula, Marcelo Ramos critica visita de Bolsonaro a Manaus: “Veio fazer proselitismo político e campanha antecipada”

O presidente se defendeu dos ataques dos opositores.


Redação AM POST

O deputado federal Marcelo Ramos (PSD), que é apoiador do ex-presidente Lula (PT) e do senador Omar Aziz (PSD), criticou a visita do presidente da República Jair Bolsonaro (PL) a Manaus neste sábado (18). O parlamentar afirmou que o mandatário “veio fazer proselitismo político e campanha eleitoral antecipada”.

Continua depois da Publicidade

Segundo fala de Marcelo Ramos, ele esperava que o presidente se desculpasse com as famílias de o indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, assassinatos brutalmente em Atalaia do Norte.

“Não veio anunciar nenhuma ação para a segurança pública ou de combate à fome, ou qualquer outro benefício à população, nem mesmo para falar que voltaria atrás nas ações que seu governo tem adotado contra a Zona Franca de Manaus. Veio mesmo fazer proselitismo político e campanha eleitoral antecipada”, disparou Ramos em nota enviada a imprensa.

Apesar dos decretos de redução do IPI e da disputa judicial, o presidente se defendeu dos ataques dos opositores. “Não adianta criticarem, o governador é testemunha, de como tem aumentado a produção e a montagem de motos aqui na Zona Franca de Manaus”, declarou Bolsonaro ao lado de Wilson Lima.

Continua depois da Publicidade

O presidente voltou a defender a família e agradeceu aos que seguem com ele. “Obrigado a todos por serem a favor da família e contra o aborto”, disse, ao lado de lidrenças como Alberto Neto, Alfredo Nascimento e Coronel Menezes.