Política

Arthur Neto revela trama da Cidade Universitária criada por Omar Aziz: “negociata sórdida”

Segundo Arthur, a contribuição de Omar Aziz, com o ensino universitário, foi a mais mesquinha e baixa de todas, preferindo beneficiar empreiteiros de maneira imoral.

Redação AM POST

O ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto (PSDB), que já disse que vem sofrendo perseguição política arquitetada pelo presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD), resolveu revidar os ataques e revelar em capítulos os podres da vida política do parlamentar do Amazonas.

Continua depois da Publicidade

Em suas redes sociais, Arthur Neto, publicou vídeo intitulado “a trama da Cidade Universitária – Parte 1” em que fala da propaganda enganosa divulgada pelo ex-governador do Amazonas Omar Aziz em 2012 que gerou expectativa em milhares de jovens que buscavam um oportunidade.

Segundo o então governador, na época, o espaço, com localização em Iranduba, deveria ter sua primeira etapa inaugurada no primeiro semestre de 2014, em um espaço de 13 milhões de metros quadrados, o que não ocorreu.

“Fizeram maquete, anunciaram a oitava maravilha do mundo, praticamente todo mundo embarcou nesse conversa. A Cidade Universitária foi um terreno durante o verão que tinha movimento de terra frenético, dando a impressão que ‘agora vai’ e no inverno as águas levavam todo o trabalho de terraplanagem do verão. Era a alegria dos empreiteiros, a felicidade dos que participavam dessa negociata sórdida. R$ 50 milhões foram jogados naquele ‘puxa-encolhe’ da Cidade Universitária, fora o que saiu diretamente do tesouro do Estado”, contou.

Continua depois da Publicidade

“A contribuição de Omar Aziz, com o ensino universitário, foi a mais mesquinha e baixa de todas, preferindo beneficiar empreiteiros de maneira imoral”, disparou Arthur.

O tucano termina o vídeo dizendo que tem muito o que falar da Cidade Universitário e do senador Omar Aziz.

Continua depois da Publicidade

Veja vídeo: