O portal de notícias da Amazônia



Política

Bolsonaro chama sua eleição de “cagada do bem” em reunião que embasou operação da PF

Além disso, Bolsonaro sugere que acredita em possíveis fraudes nas eleições para que a esquerda vença.

  • Por AM POST

  • 09/02/2024 às 11:02

  • Leitura em dois minutos

Em uma reunião realizada em 5 de julho de 2022, que serviu de base para a operação Tempus Veritatis, deflagrada pela Polícia Federal na última quinta-feira (8/2), o ex-presidente Jair Bolsonaro fez declarações curiosas sobre sua própria eleição em 2018.

Vídeos desse encontro foram divulgados pela colunista Bela Megale, de O Globo, e posteriormente obtidos pelo Metrópoles. Nas imagens, Bolsonaro afirma que considera sua eleição para a Presidência da República uma “cagada do bem”.

PUBLICIDADE

“Essa cadeira aqui é uma cagada estar comigo, uma cagada. Não vai ter outra cagada dessa no Brasil, cagada do bem, para deixar bem claro. Como é que alguém vai eleger um deputado fudido como eu? Um deputado de baixo clero, escrotizado dentro da Câmara, sacaneado, gozado, uma porra de um deputado”, disse o então presidente durante a reunião.

Além disso, Bolsonaro sugere que acredita em possíveis fraudes nas eleições para que a esquerda vença. Ele alerta sobre a possibilidade de “caos” no Brasil caso não haja uma reação antes das eleições.

“Nós sabemos que, se a gente reagir depois das eleições, vai ter um caos no Brasil, vai virar uma grande guerrilha, uma fogueira no Brasil. Agora, alguém tem dúvida de que a esquerda, como está indo, vai ganhar as eleições? Não adianta eu ter 80% dos votos. Eles vão ganhar as eleições”, discursou Bolsonaro para os ministros presentes.

PUBLICIDADE

Bolsonaro ressalta a importância da liberdade e sugere que medidas precisam ser tomadas antes das eleições para garantir esse direito. No entanto, ele não chega a especificar qual medida seria essa.

“A gente vai ter que fazer alguma coisa antes. O que está em jogo é o bem maior que nós temos e contamos aqui na terra, que é a porra da liberdade. Mais claro, impossível”, concluiu o ex-presidente durante a reunião.

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank