Pesquisar por em AM POST

Política

Ciro Gomes chama senadora petista de ‘assessora de assuntos de cama’ do ministro Camilo Santana

O político provocou a ira do PT ao se referir à senadora Janaína Farias durante uma entrevista.

  • Por AM POST

  • 08/04/2024 às 08:30

  • Atualizado em 08/04/2024 às 09:54

  • Leitura em três minutos

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), gerou polêmica ao se referir à senadora Janaína Farias (PT) como “assessora de assuntos de cama” do ministro da educação do governo Lula (PT), Camilo Santana. A petista foi empossada no Senado na última terça-feira (2), substituindo Augusta Brito (PT-CE), licenciada do mandato por quatro meses para atuar como secretária de Articulação Política no Governo do Ceará. Janaína é a segunda suplente, Augusta Brito a primeira, da vaga de Camilo Santana.

“Quem está assumindo o Senado Federal hoje? Sabe qual é o serviço prestado para ir ao lugar de Virgílio Távora, de Tasso Jereissati, de Mauro Benevides, de Patrícia Saboya? Aí vai agora a assessora para assuntos de cama do Camilo Santana”, disse Ciro em entrevista à rede “A Notícia do Ceará”.

PUBLICIDADE

O político não parou por aí e ainda comparou Santana ao imperador romano Calígula, que teria empossado um cavalo como senador em Roma: “Esse cara [Calígula] estava tão poderoso que para humilhar o Senado nomeou o próprio cavalo. Mal comparando […] eu pergunto, com todo respeito: qual é a obra, a realização, o preparo, que Janaína tem para ser senadora da República?”

As declarações desencadearam uma troca de farpas entre o PDT e o PT, resultando em notas institucionais e acusações mútuas.

O presidente estadual do PT, Antônio Alves Filho classificou em nota os comentários de Ciro como machistas e demonstrativos de uma dificuldade em aceitar mulheres no poder.

PUBLICIDADE

O PDT, por sua vez, respondeu às críticas do PT ressaltando que Ciro governou o Ceará com o maior número de mulheres no primeiro escalão e aproveitou para alfinetar o PT sobre as eleições municipais em Fortaleza. O partido destacou a violência no processo interno de escolha do candidato petista para a disputa eleitoral na cidade.

Na mesma entrevista, Ciro Gomes nega que as falas sejam machistas, menciona supostas ligações da família de Janaína Farias com o crime organizado do Ceará e disse estar arrependido de ter um dia sido aliado de Camilo Santana.

PUBLICIDADE

Atualmente, o embate político entre PDT e PT em Fortaleza se intensifica com cinco petistas na disputa para enfrentar o pedetista José Sarto nas eleições municipais. A rivalidade é especialmente notável entre Luizianne Lins e o presidente da Assembleia, Evandro Leitão, que migrou do PDT para o PT e é aliado do senador Cid Gomes (PSB).

Ao sinalizar apoio a Luizianne, o PDT não apenas confronta o PT, mas também os cidistas que se desligaram internamente no ano passado, causando uma divisão significativa no cenário político local.

PUBLICIDADE

Redação AM POST

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank