Coaf encontra ‘transações atípicas’ feitas pelo Marido de Greenwald

Deputado do PSOL, David Miranda, realizou movimentações suspeitas em sua conta, diz relatório.

O antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), rebatizados para Unidade de Inteligência Financeira (UIF), encontrou “movimentações atípicas” nas contas bancárias do deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), marido do jornalista Glenn Greenwald, editor do site The Intercept. A informação é da Crusoé.

De acordo com a revista digital, o relatório do Coaf aponta que, entre 2018, quando Miranda era vereador do Rio, e 2019, o parlamentar movimentou R$ 50 mil. Um dos repasses para o deputado foi feito por Reginaldo Oliveira Silva, funcionário de seu gabinete.

A investigação sobre as transações financeiras do deputado foi um pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro. O órgão suspeita da prática de “rachadinha”, quando funcionários de gabinete repassam parte dos seus salários para o político que os nomeou.

Continua depois da Publicidade

Fonte: Pleno.News