Pesquisar por em AM POST

Política

Governador de RR cobra Lula para agir contra decisão da Venezuela de barrar produtos do Brasil

Empresários afirmam que desde janeiro o governo venezuelano tem barrado a entrada de alimentos.

  • Por AM POST

  • 17/06/2023 às 21:04

  • Leitura em dois minutos

O governador de Roraima Antonio Denarium (PP) afirmou ter conversado por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta sexta-feira (16) em busca de solução para a decisão da Venezuela em barrar produtos exportados por empresários brasileiros.

Mercadorias brasileiras enviadas ao país vizinho passam por Roraima, na fronteira do município de Pacaraima com a cidade venezuelana de Santa Elena. Empresários afirmam que desde janeiro o governo venezuelano tem barrado a entrada de alimentos. Ainda não se sabe o motivo, mas eles dizem que foi uma decisão informada apenas verbalmente, sem documento oficial. O Itamaraty afirma que tenta uma negociação.

PUBLICIDADE

De acordo com Denarium, Lula, que é a amigo do ditador da Venezuela Nicolás Maduro, se comprometeu a fazer contato imediato ele para que seja restabelecida a normalidade das exportações que passam pela fronteira Brasil – Venezuela.

“Fiz questão de informar ao presidente Lula os impactos que essa proibição de entrada dos produtos brasileiros resultam para Roraima. As exportações para a Venezuela representam 80% da balança comercial de Roraima, significando um grande alerta para o nosso estado. E me deixa triste porque ocorre justamente no momento em que o estado começa a despontar para o Brasil”, disse Denarium.

Além da ligação, Denarium enviou um ofício à presidência relatando o problema de entrada dos produtos brasileiros pela fronteira em Pacaraima.

PUBLICIDADE

Sem conseguir exportar os produtos, empresários decidiram doar alimentos dentro do prazo de validade como forma de protesto para chamar atenção de autoridades. Pela manhã, a empresa de embutidos Frios Roraima doou 56 toneladas de salsichas para a população – uma fila gigante se formou no centro cívico da capital, onde ocorreu a distribuição.

*Com informações do G1

O AM Post apoia a causa autista
blank

Essas crianças autistas não estão fugindo ou escondendo-se, elas, de fato, estão perdidas, à espera de que alguém va ao seu alcance.

- Anne Alvarez

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank