Política

José Melo diz que quer distância de Omar Aziz: “não nos misturamos”

O ex-governador disse não ter mais nenhuma aproximação com o Aziz.

Redação AM POST

Com vistas à disputa do cargo de deputado estadual nas eleições deste ano, o ex-governador do Amazonas José Melo (PROS), disse que cortou relações com o ex-governador e atual senador Omar Aziz (PSD), de quem já foi vice.

Continua depois da Publicidade

“Hoje somos como azeite e água, não nos misturamos”, afirmou Jose Melo em entrevista a um veículo de comunicação local.

José Melo se tornou governador do estado em abril de 2014, após Omar Aziz (PSC) se afastar do cargo para disputar uma vaga ao Senado Federal. No mesmo ano, foi reeleito para o quadriênio 2015-2018. Entretanto, Melo perdeu o mandato e foi preso em 2017 no âmbito de uma investigação sobre compra de votos na eleição de 2014. O ex-governador foi ainda investigado no caso sobre desvio de R$ 104 milhões da Saúde do Amazonas.

“Não tenho mágoa de ninguém, tenho a paciência de esperar quatro anos e no decorrer neste tempo, o processo se desenrolou, os culpados apareceram e eu, graças a Deus, estou saindo desta inocente, como sempre fui. Eu tinha duas saídas: ser tresloucado e apontar culpados, mas eu preferi me recolher, esperar a mão de Deus chegar e ela chegou”, disse Melo ou ser questionado se tem mágoa de Aziz.

Continua depois da Publicidade