Política

Omar Aziz que votou a favor do aumento do fundo eleitoral para R$ 5,7 bilhões aconselha Bolsonaro a vetar

Questionado em entrevista sobre o assunto o senador tentou desconversar e aconselhou Bolsonaro a vetar o recurso usado para financiar as campanhas eleitorais.

Redação AM POST

Os senadores Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD), foram os únicos da bancada do Amazonas no Senado a votarem na última semana a favor do aumento de R$ 2 bilhões para mais de R$ 5,7 bilhões no Fundo Partidário, conhecido com Fundão. O valor exorbitante deve rechear o caixa dos partidos para o pleito de 2022.

Continua depois da Publicidade

Porém, nesta quarta-feira (21), em entrevista a um TV local, Omar Aziz (PSD) tentou desconversar ao ser questionado sobre o assunto e aconselhou Bolsonaro a vetar o recurso usado para financiar as campanhas eleitorais. O partido de Eduardo Braga, terá R$ 426,4 milhões enquanto o de Omar Aziz, receberá o montante de R$ 384,7 milhões.

“Eu aconselho o presidente a vetar (Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO). Eu acho que ele deve vetar isso. O presidente tem o poder, a caneta para vetar e não negociar”, disse Omar Aziz.

No final de semana, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), que estava presidindo a sessão que sancionou a LDO e o fundo eleitoral. Omar aproveitou a entrevista para defender Ramos.

Continua depois da Publicidade

“Presidente vete. O senhor não pode colocar a culpa em terceiros. Ele fez uma maldade com o deputado Marcelo Ramos[…] Essa mania de transferir responsabilidade é para pequenos, grandes homens fazem autocritica. Coisa que o senhor não fez ainda”, declarou o senador.

Omar também falou sobre o trabalho da CPI da Covid, que ele preside, e acusou o governo Bolsonaro de usar o Amazonas como cobaia. “O Amazonas foi usado pelo Governo federal como cobaia numa medicação não comprovada cientificamente. Infelizmente isso aconteceu no nosso Estado”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

Vale lembrar que Omar Aziz é autor de uma emenda que autoriza a compra de vacinas contra covid sem licitação e sem o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).