Omar Aziz teve conversas com Lula e Doria durante a semana, revela colunista

O senador e o ex-presidente Lula teriam marcado um encontro após o término da CPI da Pandemia.

Redação AM POST

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Covid , teve durante esta semana conversas por telefone com duas lideranças políticas contrarias ao presidente Jair Bolsonaro, que são o ex-presidente Lula (PT), e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). As informações são do colunista Igor Gadelha do site Metrópoles.

Continua depois da Publicidade

Na última terça (1), o ex-presidente conversou com Aziz, e o elogiou pela sua condução a frente da Comissão, e também citou os trabalhos do G7, formados por senadores independentes e da oposição, como positivo. Os dois, inclusive, marcaram um encontro após o fim dos trabalhos da CPI da Covid, que, por enquanto, durará mais 2 meses.

No dia seguinte, na quarta (2), o governador paulista telefonou para o senador do Amazonas para pedir o contato da convidada da CPI daquele dia, a infectologista Luana Araújo.

Doria convidou a médica para integrar o centro de contingência do Coronavírus de São Paulo. “Eu telefonei para a doutora Luana, a cumprimentei pelo desempenho que teve em seu depoimento na CPI e disse a ela que temos interesse em tê-la na equipe de saúde do governo do estado de São Paulo”, declarou o tucano nesta sexta (4).

Continua depois da Publicidade

Omar usa a CPI da Covid como vitrine para as eleições de 2022 em que pretende disputar sua reeleição. Tanto ele quanto o senador Eduardo Braga (MDB-AM), que deve concorrer ao governo do Amazonas, sonham com uma aliança que envolve o ex-presidente Lula, candidato a presidente da República. Os três caminharam juntos em 2010.