Pedido de cassação da deputada Joana D’arc será protocolado na Aleam

Inconformada com a derrota da chapa, indicada pelo governo Wilson Lima, Joana D’arc subiu à tribuna da Aleam e proferiu insultos e acusações contra seus colegas.

Redação AM POST

Depois da conturbada disputa pela nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputados que venceram a disputa ingressarão na Comissão de Ética da Casa, denuncia contra a líder do Governo, deputada estadual Joana Darc (PL), por quebra de decoro parlamentar, calúnia e injúria, durante a eleição da presidencia da Casa que elegeu o deputado Roberto Cidade (PV) para o biênio 2021/2022.

Continua depois da Publicidade

Inconformada com a derrota da chapa, indicada pelo governo Wilson Lima, Joana D’arc subiu à tribuna da Aleam e proferiu insultos e acusações contra seus colegas parlamentares sem a apresentação de provas, o que torna as denúncias frágeis e infundadas.

Caso a Comissão de Ética da Aleam aceite a denúncia, a parlamentar perderá seu mandato, e quem assumirá sua vaga será o ex-deputado Wanderley Dallas (SD), que é suplente da coligação.

Roberto Cidade venceu por 16 votos contra 8 de Berlamino Lins.

Continua depois da Publicidade

Confira a composição da chapa eleita:
Roberto Cidade – Presidente
Josué Neto – 1º vice-presidente
Mayara Pinheiro – 2ª vice-presidente
Adjuto Afonso – 3° vice-presidente Delegado Péricles – Secretário-geral
Álvaro Campelo – 1° Secretário
Sinésio Campos – 2° Secretário
Fausto Júnior – 3º Secretário
Felipe Souza – Ouvidor
Therezinha Ruiz – Corregedora