Política

Roberto Cidade cobra posição do TJAM sobre CPI da Amazonas Energia

A Comissão Parlamentar foi suspensa por liminar do Tribunal de Justiça do Amazonas.

Redação AM POST

Foi discutido nesta quarta-feira (6), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), sobre a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investigará a empresa Amazonas Energia, suspensa por liminar do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

Continua depois da Publicidade

O presidente da Aleam, deputado Roberto Cidade (PV) manifestou-se sobre a instalação da CPI que investigará os serviços de fornecimento de energia da Amazonas Energia e pediu celeridade no TJAM em julgar o mérito da CPI.

De acordo com o deputado, a Aleam precisa dar uma satisfação para a sociedade sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito instalada pelo parlamento estadual.

“É preciso ter uma resposta sobre a CPI da Amazonas Energia, que já respondeu ao desembargador Airton Gentil sobre pagamento de uma taxa de R$ 100. Esta Casa abriu uma CPI que foi instalada e a população de todo o Estado tem sofrido com uma taxa de energia cara. Precisamos dar uma resposta para a população amazonense”, disse Cidade.

Continua depois da Publicidade