Saúde atende Bolsonaro e libera cloroquina para casos leves de Covid-19

Ainda não tem estudos que comprovem a eficácia do medicamento.

Reuters

O Ministério da Saúde liberou nesta quarta-feira um novo protocolo de uso do medicamento cloroquina desde os sintomas iniciais da Covid-19, atendendo a exigência do presidente Jair Bolsonaro de ampliar o uso do remédio, apesar de não haver estudos que comprovem sua eficácia.

O novo protocolo lista a dosagem para o uso de cloroquina ou hidroxicloroquina, associada ao antibiótico azitromicina, para uso no caso de sintomas leves em duas fases da doença, do primeiro ao quinto dia e do sexto ao 14º dia e também para casos moderados.

Continua depois da Publicidade

Até agora, o uso da cloroquina tinha um protocolo do ministério apenas para casos graves, adotado ainda pelo ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.