Política

Socioambientalistas do AM entregam manifesto de apoio à candidatura de Vanda Witoto

Umas das principais bandeiras que Vanda levantará no congresso, de acordo com a ativista, é da educação, saúde, políticas públicas robustas para os povos originários e território.


Redação AM POST

“A nossa ferramenta de luta, hoje, além da caneta, do celular, das redes sociais, é o Voto! Porque é o momento que temos a chance de colocar pessoas para nos representar, para que nossos direitos sejam garantidos”, disse Vanda Witoto, candidata à deputada federal pela Rede Sustentabilidade, que foi oficializada na convenção Rede-PSOL na quinta-feira, 4

Continua depois da Publicidade

Assessoria de comunicação

Em apoio à candidatura de Vanda Witoto, oficializada durante a convenção Rede-PSOL, na sede do partido Rede Sustentabilidade, na rua Barroso, cientistas, professores, e pesquisadores socioambientalistas, que atuam no Amazonas, entregaram assinado o manifesto para a líder e ativista indígena, na quinta-feira, 4, na sede do partido Rede Sustentabilidade, na rua Barroso, centro de Manaus.

“Nesse momento político é muito importante juntarmos forças com os que pesquisam, ensinam e cuidam da Amazônia, principalmente com a ciência, educação, saúde impactadas de forma negativa pelo atual governo federal”, comenta Witoto, que é profissional da saúde, e também graduanda em pedagogia na Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Continua depois da Publicidade

Na cerimônia de entrega de apoio à candidatura de Witoto estiveram presentes, na sede do partido Rede Sustentabilidade, pesquisadores, professores, sociólogos, ambientalistas que estudam e pensam e buscam uma Amazônia sustentável, e buscam representantes que garantam políticas públicas robustas para os povos originários e para o meio ambiente.

Pesquisadores socioambientalistas presentes em apoio à candidatura de Witoto

Continua depois da Publicidade

Para a ambientalista e pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) Muriel Saragoussi, a líder Vanda Witoto representa a esperança de mudanças na política. “Precisamos pensar numa Amazônia sustentável, a floresta em pé que gere riqueza, principalmente, para quem vive na Amazônia. Não queremos mais ver a floresta sendo destruída e só meia dúzia ficando rico”.

A pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Emprapa), Elisa Wandelli, durante a reunião com os sociambientalistas, na quinta-feira, comentou sobre a importância da presença de Witoto no Congresso Nacional para o fortalecimento da ‘bancada da floresta’.

Continua depois da Publicidade

“A presença da Vanda no congresso vai fortalecer muito a bancada da floresta, que hoje, temos pouquíssimos representantes. E precisamos fortalecer a voz de quem luta pelos povos indígenas, pelas florestas, pela educação, pela saúde, e a Vanda é muito preparada para lutar por todos nossos interesses”.

Vanda Witoto oficializa candidatura para deputada federal na quinta-feira, 4/8

Umas das principais bandeiras que Vanda levantará no congresso, de acordo com a ativista, é da educação, saúde, políticas públicas robustas para os povos originários e território, e ainda buscar fortalecer a bioeconomia do Amazonas, para desenvolver o Estado com as florestas em pé.

“A ausência de pessoas no congresso que olhe pelos povos da região amazônica, e também da Amazônia enquanto território, é gigantesca. Se a Amazônia vai existir daqui a uns anos, e os povos que nela vivem, só depende do que fazemos agora”.

A defesa da Amazônia e dos povos originários é uma pauta importe para o mundo todo, e Witoto afirma que será uma luta constante para a construção e para o fortalecimento de políticas públicas para a preservação dos povos e proteção ambiental do território.

“Vou atuar contra as PLs que tem atacado os territórios indígenas, PLs da mineração, do agronegócio, que avançam nos territórios indígenas e tem gerado muitos impactos negativos, inclusive de mortes e assassinatos em conflitos, fragilizando nossos povos e o meio ambiente”.

Sobre Vanda Witoto

Vanda Witoto é símbolo da resistência e esperança dos povos amazônidas, foi a primeira pessoa a receber a vacina contra a covid-19, e hoje, leva ao mundo as questões urgentes da Amazônia, como a proteção dos povos originários e da Amazônia.

A denominação de Vanda Witoto significa “formiga brava”, uma referência ao seu clã de saúvas e ao inseto que é sinônimo de cooperação, trabalho árduo e vida em comunidade.

Definição que se aplica tão bem à mulher indígena que aos 34 anos já é uma líder para o seu povo e tantos outros amazonenses.