Temer avalia risco de golpe de Bolsonaro em 2022

Ex-presidente vê possibilidade de Bolsonaro reagir de maneira semelhante a Trump em caso de derrota nas eleições do ano que vem.

Redação AM POST

O ex-presidente Michel Temer (MDB) avalia que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pode tentar um golpe em uma eventual derrota nas eleições de 2022. Na visão do emedebista, seria uma reação parecida com a do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que ao ser derrotado por Joe Biden incitou uma invasão ao Congresso americano, em 6 de janeiro. A informação é da coluna de Kennedy Alencar, no portal UOL.

Continua depois da Publicidade

Lula (PT) e FHC (PSDB) também estariam se movimentando para fortalecer os laços com militares legalistas e ex-bolsonaristas arrependidos, como Santos Cruz, que classificou a decisão do Exército como uma “vergonha”. Segundo o jornalista, Temer também tenta prestigiar os militares da ativa e da reserva que resistem a tentações golpistas.

“Em resumo, os três ex-presidentes consideram que é melhor não esticar a corda, que seria tudo o que Bolsonaro desejaria para tentar quebrar o período democrático que o Brasil vive desde 1985, quando acabou a ditadura militar de 1964”, escreve o jornalista.