Política

Visita de Lula a Manaus é repudiada por movimentos de direita que planejam ‘boicote’: “Ladrão aqui não”

Os movimentos começam a movimentar as redes sociais, com convocação de seus membros.

Redação AM POST

Representantes de 15 movimentos da direita no Amazonas e apoiadores do presidente Jair Messias Bolsonaro (PL) planejam um “boicote” a chegada do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), a Manaus, marcada para o próximo dia 4 de fevereiro.

Continua depois da Publicidade

Os movimentos começam a movimentar as redes sociais, com convocação de seus membros. “Mega manifestação (Ladrão não é bem-vindo em Manaus. Ladrão aqui não!)”, diz o post divulgado no Instagram.

Durante sua agenda em Manaus Lula tem um jantar marcado com o senador Omar Aziz (PSD) para definição aliança para as eleições de 2022. Os dois devem concorrer ao próximo pleito e já caminharam juntos em 2010.

A vinda de Lula estava programada para ocorrer em outubro e novembro de 2021, mas precisou ser adiada pois o ex-presidente estaria em eventos internacionais.

Continua depois da Publicidade

De acordo com Sérgio Kruke, do Movimento Conservador Amazonas, não há nada definido sobre os atos, mas os integrantes da direita vão estar onde o ex-presidente Lula estiver. “Os atos não serão informados no momento, mas haverá protesto por onde ele estiver”, afirmou.