Pesquisar por em AM POST

Saúde

Anvisa proíbe venda de canela em pó com pelo de roedor e fragmento de inseto

Um lote de canela em pó da marca Kodilar foi encontrado com vestígios de contaminação por pelos e outras partes de animais.

  • Por AM POST

  • 24/04/2024 às 08:30

  • Leitura em quatro minutos

Anvisa proíbe venda de canela em pó com pelo de roedor e fragmento de inseto

Anvisa proíbe venda de canela em pó com pelo de roedor e fragmento de inseto- Foto: Internet

SAÚDE– A canela, um dos condimentos mais antigos e apreciados em todo o mundo, passa por um meticuloso processo de produção antes de chegar às nossas mesas na forma de pó. Este processo não só preserva suas qualidades aromáticas e gustativas, mas também garante que o produto final seja seguro para o consumo. Abordaremos aqui não apenas como é feita a canela em pó, mas também os desafios enfrentados para evitar a contaminação durante as diversas etapas de produção.

A Origem e o Cultivo da Canela

A canela provém da casca interna de árvores do gênero Cinnamomum, cultivadas predominantemente em regiões tropicais. Países como Sri Lanka, Indonésia, China e Índia dominam o mercado global, mas o Brasil também tem mostrado potencial devido às suas condições climáticas favoráveis.

PUBLICIDADE

Processo de Colheita e Preparação da Canela

Durante a estação seca, momento ideal para a colheita, a casca interna da canela é cuidadosamente separada dos ramos. Esta etapa é crucial, pois é quando a casca se desprende mais facilmente. Após a remoção, os ramos são expostos ao sol para secarem. Este período de secagem não é apenas uma questão de reduzir a umidade, mas é fundamental para intensificar o aroma e concentrar os óleos essenciais que conferem à canela suas propriedades únicas.

Da Casca ao Pó: Transformação e Desafios

Uma vez seca, a casca é enrolada em bastões, conhecidos como canela em pau, utilizados inteiramente em várias receitas culinárias. Para produzir canela em pó, esses bastões são então triturados. O processo de moagem é geralmente realizado em moedores elétricos, que permitem um controle preciso sobre a granulometria do pó.

Controle de Qualidade e Prevenção de Contaminação

O controle rigoroso em cada fase de produção é essencial para evitar a contaminação. Durante a remoção da casca, a secagem e a moagem, existe um alto risco de contaminação por insetos, pequenos roedores e micro-organismos, se as instalações não estiverem devidamente limpas e protegidas.

PUBLICIDADE

Monitoramento e Higiene nas Instalações de Produção

As fábricas de processamento de canela devem seguir normas estritas de higiene. Isso inclui a limpeza regular das instalações, o treinamento adequado dos funcionários e a adesão às boas práticas de fabricação e segurança alimentar. Além disso, testes regulares para detecção de contaminação microbiológica e química são vitais para garantir a segurança e qualidade do produto.

O Caso da Kodilar e a Importância da Conformidade Regulatória

Recentemente, um lote de canela em pó da marca Kodilar foi encontrado com vestígios de contaminação por pelos e outras partes de animais, o que desencadeou uma investigação pela Anvisa. Este incidente destaca a importância de uma vigilância constante e do cumprimento dos padrões regulatórios. A falta de conformidade pode resultar em penalidades severas, incluindo multas e suspensão da licença de produção.

PUBLICIDADE

Qual foi o Problema Específico com o Lote de Canela em Pó da Kodilar?

O problema com o lote específico de canela em pó da Kodilar envolveu a detecção de pelos e outras partes de animais, indicando falhas no controle de higiene e segurança alimentar na fábrica. Esse incidente destacou a necessidade de monitoramento constante e de medidas preventivas mais eficazes para garantir que tais riscos sejam eliminados.

A produção de canela em pó é um processo complexo que requer atenção detalhada em cada passo, desde o cultivo até o processamento final. A manutenção de altos padrões de higiene e segurança alimentar é crucial para assegurar que o produto final seja não apenas delicioso e aromático, mas também seguro para o consumo. O caso da Kodilar serve como um lembrete vital para todas as indústrias do setor sobre a importância de aderir rigorosamente às regulamentações e de implementar práticas robustas de controle de qualidade. Ao garantir esses padrões, a indústria de especiarias pode continuar a prosperar, oferecendo produtos que enriquecem nossa culinária sem comprometer nossa saúde.

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank