Pesquisar por em AM POST

Saúde

Dia Mundial do Alzheimer: FUnATI alerta sobre os primeiros sinais da doença que atinge 1,2 milhão de brasileiros

Fundação conta com atendimentos psiquiátricos voltados à pessoa idosa.

  • Por AM POST

  • 21/09/2023 às 15:08

  • Leitura em dois minutos

Foto: Divulgação/FUnATI

Com data instituída em 21 de setembro, o Dia Mundial da Doença de Alzheimer e o Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer busca esclarecer sobre a importância dos familiares nos cuidados dessa doença. E a Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI) reforça a atenção nos primeiros indícios da doença, que afeta 1,2 milhão de indivíduos no país, de acordo com o Ministério da Saúde.

O Alzheimer é uma doença degenerativa do sistema nervoso, progressiva e ainda sem cura, que impacta principalmente pessoas com mais de 65 anos de idade, afetando a memória, a linguagem e a percepção do mundo. Causa modificações no comportamento, na personalidade e no humor do paciente.

PUBLICIDADE

Segundo a médica psiquiatra Giulia Santoro, que trabalha na Policlínica Gerontológica Darlinda Esteves Ribeiro, é importante observar alguns sinais que os idosos apresentam no dia a dia.

“Quando a pessoa começa a apresentar prejuízo nas funcionalidades do dia, suas atividades, necessitando do apoio de alguém, a gente já considera uma demência e o Alzheimer é a mais comum delas”, afirma. Dificuldades em tarefas habituais, de raciocínio e para comunicar-se, estão entre as características.

A psiquiatra conta que o diagnóstico da doença é feito por meio de entrevistas com familiares para verificar possíveis sinais, além de testagem neuropsicológica; e exames de sangue, para avaliar outros déficits que podem apresentar demência.

PUBLICIDADE

Apesar de ainda não haver cura para a doença, existem opções de tratamento: medicamentos, reabilitação cognitiva, terapia ocupacional, controle de pressão alta, diabetes e colesterol, além de atividade física regular.

“A atividade física é muito importante, ela melhora o cérebro, a saúde mental, ou seja, é fundamental. Além disso, as atividades cognitivas, oficinas de memória, artesanato, palavras cruzadas, leitura, atividades que coloquem a pessoa para pensar são essenciais”, finaliza a médica.

PUBLICIDADE

Programa de residência

Em março deste ano, a FUnATI e a Universidade Nilton Lins oficializaram a assinatura de um Termo de Convênio para realização de atendimentos psiquiátricos gratuitos na Policlínica Gerontológica Darlinda Esteves Ribeiro, da FUnATI.

Os atendimentos são realizados, semanalmente, por médicos que integram o Programa de Residência Médica em Psiquiatria da Nilton Lins.

PUBLICIDADE

Redação AM POST

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank