Saúde

Varíola dos macacos tem baixa transmissibilidade e afetada mais homens que transam com outros homens, diz titular da SES-AM

O primeiro caso da doença já foi confirmado em Manaus.


Beatriz Silveira – Redação AM POST

O Secretário de Saúde do Amazonas, Drº Anoar Samad, afirmou que dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que o público mais afetado pela varíola dos macacos são homens que tem relações sexuais com outros homens e a recomendação é que diminuam o número de parceiros. O primeiro caso da doença já foi confirmado em Manaus.

Continua depois da Publicidade

“A OMS já emitiu recomendações e os dados que tem até hoje é que 99% dos casos são de homens e 98% desses casos são de homens que tiveram relações sexuais com outros homens e 83, 85% mulheres. Então esse foi o público dos dados que nós temos até o momento. A OMS já pediu que homens que tenham relação sexual com outros homens diminuam o número de parceiros, se protejam e se possível evitar”, disse Anoar durante uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (28).

O titular da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas também destacou que isso não é reforço para homofobia. “Temos que tomar muito cuidado, quando o HIV nasceu todos falaram que somente os homossexuais que podiam pegar, não é bem isso, estamos trazendo dados, não podemos fugir dos dados. Tem 9 mil e poucos casos confirmados no mundo, e o vírus está se comportando dessa maneira. Hoje a maioria dos afetados são os homens e os homossexuais”, explicou.

Samad ainda reforçou que se comparada com a Covid-19 a varíola dos macacos tem baixa transmissibilidade. O período de incubação do vírus pode variar de 5 a 21 dias. Os sintomas comuns são febre a partir do 3 dia, lesões avermelhadas principalmente nos genitais e ânus e dores musculares.

Continua depois da Publicidade

O caso confirmado em Manaus é um paciente do sexo masculino, que foi diagnosticado em Lisboa, Portugal, onde estava a passeio. Lá ele procurou ajuda médica que identificou a varíola e mandou um relatório recomendando que se evoluísse de uma forma desfavorável que procurasse um hospital de doenças infecciosas em Manaus.

De acordo com o secretário as lesões do paciente evoluíram de tal forma que o incomodaram por conta da dor e ele procurou ajuda na capital amazonense.

Continua depois da Publicidade

Veja a coletiva:

Continua depois da Publicidade

SES-AM, por meio da FVS-RCP, confirma primeiro caso de varíola dos macacos (monkeypox

SES-AM, por meio da FVS-RCP, confirma primeiro caso de varíola dos macacos (monkeypox)

Posted by AM POST on Thursday, July 28, 2022