Pesquisar por em AM POST

Tecnologia

Falha de segurança do WhatsApp pode ter prejudicado 200 milhões de usuários

Versão web do aplicativo não filtrou adequadamente os cartões de contatos no formato vCard.

  • Por AM POST

  • 09/09/2015 às 12:37

  • Atualizado em 09/09/2015 às 12:46

  • Leitura em dois minutos

Uma falha de segurança do WhatsApp pode ter colocado 200 milhões de usuários em risco de instalar malwares perigosos.

Segundo a empresa de softwares Check Point, a versão web do aplicativo não filtrou adequadamente os cartões de contatos no formato vCard.

PUBLICIDADE

A plataforma web do WhatsApp permite que os usuários visualizem qualquer tipo de mídia ou anexo. Isso inclui imagens, vídeos, arquivos de áudio, localizações e cartões de contato.

Kasif Dekel, um dos pesquisadores da Check Point, descobriu que era possível mudar a extensão do arquivo de um vCard para um código executável.

“Isto significa que, uma vez que a vítima clica no arquivo baixado (que ele acredita que é um cartão de contato), o código dentro do arquivo é executado no PC”, escreveu Dekel em um post no site da empresa.

PUBLICIDADE

Um hacker precisa ter apenas o número de telefone da pessoa para enviar o código. Além de liberar a entrada de vírus que podem afetar o computador, a falha no app também permite que criminosos distribuam ransomwares – um tipo de malware que obriga suas vítimas a pagar um resgate para que o acesso ao sistema seja liberado ou para que seus dados sejam devolvidos.

A Check Point divulgou o problema para o WhatsApp no dia 21 de agosto. Menos de uma semana após o aviso, o app lançou uma atualização para os usuários da versão web.

PUBLICIDADE

“Aplaudimos o WhatsApp por ter uma resposta adequada e desejamos que mais fornecedores lidem com as questões de segurança desta maneira profissional”, escreveu Oded Vanunu, Gerente de Grupo de Pesquisa de Segurança da Check Point.

A empresa de software recomenda que os usuários atualizem para a nova versão o mais rápido possível.

PUBLICIDADE

Fonte: Exame.com

O AM Post apoia a causa autista

Essas crianças autistas não estão fugindo ou escondendo-se, elas, de fato, estão perdidas, à espera de que alguém va ao seu alcance.

- Anne Alvarez

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank