O portal de notícias da Amazônia


Amazonas

Greve dos assistentes sociais não interrompe serviços

Cadastramento único para programas sociais, projetos e orientações, estão sendo realizados normalmente.

  • Por AM POST

  • 15/04/2015 às 11:12

  • Atualizado em 15/04/2015 às 12:10

  • Leitura em dois minutos

A paralisação de assistentes sociais do município, que iniciou ontem, 14, não interrompeu os atendimentos da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh). Serviços como o cadastramento único (CadÚnico) para programas sociais, projetos e orientações, por exemplo, foram realizados regularmente. A secretária Goreth Garcia Ribeiro garantiu que as negociações com os profissionais da área, abertas desde o ano passado, continuam avançando.

A categoria reivindica, principalmente, a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), regulamentação do Sistema Único de Assistência Social (Suas), isonomia salarial e melhores condições de trabalho. Segundo Goreth Garcia Ribeiro, as negociações iniciaram no ano passado e diversas mudanças foram realizadas nesse intervalo, como a gratificação remunerada no valor de R$ 600. Durante visitas realizadas aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), durante a manhã desta terça-feira, ela pediu a compreensão da categoria, principalmente por conta da crise econômica que o país atravessa.

PUBLICIDADE

“Temos uma mesa de negociação aberta com o sindicato desde o ano passado e muito a Prefeitura de Manaus tem feito pra chegarmos a um denominador que seja bom para todos. Apesar da grave crise econômica que abate nosso país, nós temos nos empenhado em garantir melhorias nas condições de trabalho e na remuneração dos servidores. Tanto que no ano passado nós demos uma gratificação para todos os trabalhadores das equipes de referência. Sobre a efetivação do Suas, hoje essa também passou a ser uma briga nossa”, afirmou.

Ainda durante a visita, a secretária da Semasdh determinou diversas mudanças estruturais e de atendimento nos Cras, garantindo melhores condições de trabalho para os assistentes sociais. “Nós estamos trabalhando no reordenamento do município e vamos iniciar algumas ações de melhoria nos nossos espaços. O objetivo é garantir melhor qualidade no serviço oferecido e no atendimento. Dos nossos 18 Cras, cinco passarão por uma efetiva ampliação. Ou seja, estamos fazendo o possível pra garantir qualidade à população sem esquecer de fazer o melhor pelos nossos servidores”, concluiu Goreth Garcia Ribeiro.

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank